Skip to content
junho 27, 2011 / Sâmia

Soupe à l’ognion – a original

Desde que ganhei um livro sobre a Cozinha Francesa da minha amiga Tani, no meu último aniversário, sabia que ela tinha acertado em cheio! Mas confesso que foi só neste feriado que o abri para explorá-lo um pouquinho e preparar uma de suas receitas tradicionais…

Dentre tantas vontades, me deparei com a sopa de cebola francesa, a qual eu sempre comia nos frios invernos parisienses. Não deu outra, Porto Alegre fazendo 6°C pedia uma sopa dessas para me aquecer (o corpo e também a alma!).

Não imaginei que fosse tão fácil fazer esta sopa. Porém, você precisará de paciência e olhos resistentes para fatiar 750g de cebola! Aos ingredientes então:

  • 90g de manteiga
  • 2 col. sopa de azeite
  • 750g de cebolas cortadas em rodelas finas (usei brancas e roxas)
  • 1 col. chá de açúcar
  • ½ col. sopa de sal
  • 1 ½ col. sopa de farinha de trigo
  • 600ml de caldo de carne
  • 4 col. sopa de conhaque (usei whisky)
  • 125g de queijo Gruyère ralado
  • Sal e pimenta a gosto
  • 12 fatias de pão baguete (1 cm de espessura)
  • 1 dente de alho (usei azeite perfumado de alho)

Fatie as cebolas e reserve. Numa panela grande, derreta a manteiga e o azeite em fogo médio. Adicionei as cebolas, o açúcar e o sal e misture bem. Reduza o fogo e deixe as cebolas cozinharem de 20-30 minutos com a tampa fechada, mexendo de vez em quando para não grudar. Elas ficarão com um tom castanho-dourado.

Depois, polvilhe a farinha nas cebolas e cozinhe por mais 2 minutos, mexendo sempre. Acrescente o caldo de carne quente e deixe cozinhar por mais 15-20 minutos.

Com as fatias de pão baguete, você fará uns croutons para a base da sopa. Pré-aqueça o forno em temperatura média. Coloque as fatias de pão numa forma e deixe assar 2 minutinhos de cada lado. Ao retirar do forno, esfregue o alho cortado ao meio no pão ainda quente. No meu caso, reguei com um filete de azeite de alho. Nesse meio tempo, junte o conhaque à sopa e tempere com sal e pimenta.

A sopa deve ser servida em cumbuquinhas separadas. Então, acomode as fatias de pão no fundo das tigelas e despeje 2 a 3 conchas da sopa por cima. A cereja do bolo vem agora! Rale generosamente o queijo Gruyère no topo da sopa e leve ao forno por uns 15 minutos, até o queijo começar a formar bolhas e dourar. Sirva!

Minha receita rendeu 4 porções beeem servidas. Se você for servir a sopa como entrada, provavelmente, consiga alimentar 6 bocas.

Não sei se foi a fome ou a saudade, mas achei que o resultado ficou tão bom quanto à minha lembrança da soupe quentinha que eu tomava num bistrot parisiense…

3 Comentários

Deixe um comentário
  1. Cintia A. S. Sevaux / jun 27 2011 11:30 pm

    Ai to morrendo de vontade!!Saí do frio aí, e peguei um frio com previsão de -2 graus para madrugada hoje… ai essa sopinha é tudo de bom hein….hummm

  2. Bruna do Gourmandisme / jun 28 2011 10:23 am

    Humm os clássicos merecem um grande espaço na cozinha, são perfeitos!! Essa sopinha está com uma cara ótima! Parabéns! beijos

  3. Sâmia / jun 28 2011 11:15 am

    Cíntia e Bruna, td bem?

    Essa sopa é super boa pra aquecer!! E não tem aquele gosto forte da cebola, pois cozinha por bastante tempo. Vale tentar fazer em casa!!

    Bjos pra vcs!
    Sâmia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: